Registar | Iniciar sessão
Alimentação para cães 0 comentarios

Complementos alimenticios para a alimentação do cão

Quinta, 15 de Novembro de 2012 | 09:00

Complementos alimenticios para a alimentação do cãoA primeira coisa a saber é que os cães têm diferentes necessidades nutricionais das que os humanos têm. Por isso, tenta completá-las com o nosso alimento é uma das piores formas de o fazer, já que na nossa comida não se encontras os nutrientes nem a energias necessárias para que o animal tenha uma alimentação equilibrada.

Para dar à nossa mascote os complementos alimentícios adequados é necessário fazê-lo mediante a ingestão de alimentos especiais para cães que contêm as gorduras, as proteínas, as calorias, os minerais, os hidratos de carbono e as vitaminas necessárias para uma ótima nutrição.

Os alimentos especiais para animais encontram-se classificados por idades, já que a nossa mascote não requere o mesmo quando é cachorro, do que quando já é um animal adulto.

Outro dos fatores a ter em conta é a raça do animal. No caso de ter um cachorro de raça de grande tamanho, deve-se procurar alimentos com baixo teor calórico. Isto é recomendável, já que não se pode acelerar muito o crescimento de peso do animal sem que se desenvolvam bem os ossos.

De acordo com o seu tamanho, devem-se cuidar as quantidades de alimento que se dão e de acordo com a sua idade, às vezes em que se administra a sua comida. Outro dos fatores a ter em conta é a quantidade de atividade física que o animal realiza e a qualidade dos alimentos que lhe damos.

No caso dos cães adultos (animais com mais de um ano (o dois nos cães de raça gigante como os Grande Dinamarquês)), só se deve administrar a uma ou duas refeições por dia, se o seu peso for muito elevado. Com isto procura-se ter um peso ideal e também cobrir as suas necessidades nutricionais.

Um dos casos especiais nos que as necessidades nutricionais mudam é o período de gestação das fémeas. Neste caso a quantidade aumenta em 50%, sempre tendo em conta um aumento progressivo e evitando a obesidade do animal.

No caso da lactação, este aumento na alimentação pode ser o dobro ou até o triplo de comida normal dependendo, claro está, do número de crias. Os cães precisam da alimentação do leite da sua mãe e ao passar dos dois meses inicia-se o desmame e a alimentação com outro alimento suave que pode ser misturado com leite e também com água.

Conselhos para alimentar bem o nosso cão

A água é um elemento essencial na alimentação do cão. Por isso, esta deve estar limpa e fresca.

Devemos evitar dar, ao nosso cão, uma serie de alimentos como queijo, leite, presunto, cebola e também chocolate. Este último é tóxico para os cães e por isso deve ser evitado ao máximo.

Também devemos evitar dar-lhes alimentos gordurentos, doces ou salgados, para cuidar assim da sua saúde.

Categorias: Alimentação,
Compartilha-o:
Artigos relacionados
Quinta, 6 de Agosto de 2015 | 19:45
Quarta, 12 de Março de 2014 | 11:27
Quinta, 19 de Dezembro de 2013 | 12:54
Sexta, 15 de Novembro de 2013 | 12:19
Quinta, 15 de Novembro de 2012 | 09:00
Terça, 23 de Outubro de 2012 | 13:53
Comentários
Enviar
Registar | Iniciar sessão
Tudo sobre o mundo dos cães.
Segue-nos no
CãesMania: Contato | Aviso legal
Email ou nome Palavra-passe Fechar ×
Ligar
Esqueci-me da minha palavra-passe
Regista-te no CaesMania.com Fechar ×
Nome/Utilizador:
Email:
Palavra-passe:
Sexo:
Data de nascimento:
  • O teu nome será o teu nome de utilizador e não será possível alterá-lo uma vez que tenhas escolhido um.
  • Ao registares-te nesta página, estás a aceitar os seus termos e condições de uso. Podes lê-los aqui.
Registar
Se o desejares, lembra-te que também podes iniciar sessão com a tua conta do Facebook.