Registar | Iniciar sessão
Cães 0 comentarios

Os sentidos do cão

Sexta, 1 de Março de 2013 | 10:45

Os sentidos do cãoCertamente que já te perguntaste como é que o teu cão percebe o ambiente que o rodeia. Pois deves saber que tal como nós os sentidos do cão são a audição, o tato, a visão, o olfato e o paladar.

Claro está que estes não são iguais aos nossos, já que em alguns casos estão mais desenvolvido e noutros não. Para que conheças como a tua mascote identifica o ambiente, a seguir veremos as características dos sentidos dos cães.

A visão

Quando à visão do cão devemos desmentir o mito que assegura que estes animais vêm a preto e branco. Apesar de não distinguirem as mesmas cores e tons que o olho humano consegue distinguir, podem ver cores como os azuis, amarelos e violetas. Os tons vermelhos, laranjas ou verdes não conseguem distingui-los. Também conseguem distinguir os cinzentos.

O desenvolvimento deste sentido dá-se na sua totalidade aos 3 meses. Antes disto o cão não consegue distinguir nada com a visão. Ao pensar na visão do cão deve pensar-se em perspetiva. Devido à sua localização e altura do chão. A visão do cão é periférica como a nossa mas com capacidades superiores. Desta forma é capaz de identificar melhor os objetos a longas distâncias e em movimento. Acontece exatamente o contrário com objetos próximos. Neste caso a focagem é pobre e não distinguem bem as formas.

Podem também ver no escuro e podem padecer de problemas na visão como a miopia ou cataratas.

O olfato

Este é um dos sentidos mais desenvolvidos e pelo qual os cães foram tão uteis para o ser humano. Os cães possuem milhões de células recetivas que ajudam nesta área. Desta forma possui um órgão reconhecido como vomeronasal que lhe serve para identificar odores e feromonas do ar.

A audição

Este sentido é o segundo com maior desenvolvimento no cão. Funciona na perfeição depois de 10 dias de ter nascido e ajuda o cão a orientar-se. Este sentido destaca-se pela sua alta perceção dos sons. De todas as formas, reconhecem melhor os sons agudos graças à sua sensibilidade de frequência que é de uns 60.000 Hz.

O tato

Este é um dos sentidos que menos se desenvolveu no cão. No caso das suas almofadinhas dos pés, estas não são tão sensíveis como a dos humanos e por isso não são de muita utilidade informativa.

A sua pele informa-o sobre elementos como o frio e também a dor. Para orientar-se de noite os cães contam com pelos que lhe servem de sensor e que assim o ajudam a localizar-se.

O paladar

Quando a este sentido, é pouco o que podemos dizer. O paladar dos cães não lhes permite diferenciar muito os sabores dos alimentos, pelo que é o olfato que o ajuda a deleitar-se.

Ainda assim podem diferenciar sabores comuns como são o doce, o amargo ou o salgado, entre outros.

Já para finalizar devemos saber que com o passar dos anos, os problemas de audição e visão são os que mais se exteriorizam. O olfato é o que apresenta menos dano, embora também possa ver-se afetado.

Categorias: Cães,
Compartilha-o:
Artigos relacionados
Sábado, 2 de Julho de 2016 | 11:23
Quarta, 10 de Setembro de 2014 | 12:34
Sexta, 29 de Agosto de 2014 | 16:15
Sexta, 22 de Agosto de 2014 | 12:10
Terça, 29 de Julho de 2014 | 16:07
Quarta, 26 de Fevereiro de 2014 | 12:02
Comentários
Enviar
Registar | Iniciar sessão
Tudo sobre o mundo dos cães.
Segue-nos no
CãesMania: Contato | Aviso legal
Email ou nome Palavra-passe Fechar ×
Ligar
Esqueci-me da minha palavra-passe
Regista-te no CaesMania.com Fechar ×
Nome/Utilizador:
Email:
Palavra-passe:
Sexo:
Data de nascimento:
  • O teu nome será o teu nome de utilizador e não será possível alterá-lo uma vez que tenhas escolhido um.
  • Ao registares-te nesta página, estás a aceitar os seus termos e condições de uso. Podes lê-los aqui.
Registar
Se o desejares, lembra-te que também podes iniciar sessão com a tua conta do Facebook.