Registar | Iniciar sessão
Comportamento dos cães 1 comentarios

Medos nos cães

Quarta, 23 de Janeiro de 2013 | 12:00

Medos nos cãesOs cães podem sentir uma serie de medos que nós, os donos dos cães, devemos aprender a superar e ajudar a combate-los já que, caso não seja assim, podem criar-se problemas maiores como pouca sociabilidade ou agressividade no cão afetado.

Os medos de um cão podem apresentar-se por várias razões. Algumas delas são herdadas ou pertencem à sua natureza, como por exemplo o medo de um predador. Por isso mesmo podem apresentar-se medos a elementos fortuitos como ruídos, as tormentas ou fogos.

Também podem apresentar-se medos perante situações próprias dos animais ou perante encontros com pessoas novas que representem para ele um perigo. Estas duas situações geralmente são problemas de sociabilidade que deveria ter-se combatido desde cachorros.

Uma das causas pelas quais se deve tratar estes medos é que estes podem transformar-se em fobias e degenerar em comportamentos mais graves e agressivos.

Uma das melhores formas de combater estes medos nos cães é prevenindo que se apresente comportamentos deste tipo. Para evitar medos, o que se deve fazer é realizar um processo de assimilação correta de situações. Por exemplo, se desejamos que o nosso cão não tenha medo de outros animais ou pessoas deve-se, desde pequeno, começar a socializar com estes elementos.

Mas nesta socialização é muito importante também evitar momentos traumáticos e contatos nocivos como podem ser os contatos com cães agressivos ou pessoas que não gostam de cães, já que isto pode ajudar a criar medos.

No caso de o cão já sofrer de medos, devemos iniciar o plano com um processo de crescimento de confiança.

A primeira coisa que se deve fazer é mudar a atitude própria frente à situação de medo. Normalmente vemos que o cão tem medo, e como se fosse uma criança, vamos consola-lo. Isto é um erro. O que devemos fazer é distrair o animal e não o deixar focar-se no que lhe causa medo.

Em casos de medo, cuidado com o contato na cabeça e na zona da cauda, já que são as regiões onde os cães se podem sentir mais ameaçados. As caricias no peito ou no pescoço são as recomendadas.

É muito importante aplicar o processo de erradicar os medos de forma gradual e não repreendermos o animal por não mudar a sua atitude. Esta reação, da nossa parte, pode ser mais prejudicial.

Categorias: Comportamento,
Compartilha-o:
Artigos relacionados
Quinta, 12 de Novembro de 2015 | 12:15
Quinta, 1 de Maio de 2014 | 12:00
Segunda, 17 de Fevereiro de 2014 | 13:02
Quinta, 16 de Janeiro de 2014 | 11:22
Terça, 9 de Julho de 2013 | 13:26
Quinta, 30 de Maio de 2013 | 12:29
Comentários
Eliminar este comentário
Quarta, 23 de Janeiro de 2013 | 19:09
normalmente quando o meu cão anda assustado ele fica um bocado agressivo, ai o que faço é apenas deixá-lo em paz e passado algum tempo vou ver se ele já acalmou
Enviar
Registar | Iniciar sessão
Tudo sobre o mundo dos cães.
Segue-nos no
CãesMania: Contato | Aviso legal
Email ou nome Palavra-passe Fechar ×
Ligar
Esqueci-me da minha palavra-passe
Regista-te no CaesMania.com Fechar ×
Nome/Utilizador:
Email:
Palavra-passe:
Sexo:
Data de nascimento:
  • O teu nome será o teu nome de utilizador e não será possível alterá-lo uma vez que tenhas escolhido um.
  • Ao registares-te nesta página, estás a aceitar os seus termos e condições de uso. Podes lê-los aqui.
Registar
Se o desejares, lembra-te que também podes iniciar sessão com a tua conta do Facebook.