Registar | Iniciar sessão
Saúde do cão 0 comentarios

Os cães e o calor

Terça, 19 de Fevereiro de 2013 | 12:29

Os cães e o calorSe falamos de cães e calor temos que falar obrigatoriamente de um dos problemas que os nossos amigos podem padecer quando se encontram expostos a altas temperaturas: a conhecida insolação.

Devemos saber que os cães são mais recetivos às altas temperaturas que nós e que por isso há que ter bastante cuidado com eles quando chegas as datas de verão ou se apresentem ondas de calor.

A insolação apresenta-se quando o cão enfrenta uma temperatura muito maior que a que está acostumado. Com este problema há que prestar especial atenção já que pode causar a morte do cão se não for atendida de forma adequada e a tempo.

Sintomas da insolação

Existem situações comuns onde os nossos cães podem sofrer de um destes ataques. Por exemplo uma viagem calorosa de carro durante o verão, uma tarde na praia ou no parque, etc.

Mas, como reconhecemos uma insolação? O sintoma mais evidente é que notaremos que a temperatura do corpo do animal é muito mais alta do que o normal, rondando os 42 graus. Além disso podem apresentar-se tremores no cão, pode começar a ficar azul ou a sua respiração pode mudar radicalmente tornando-se mais rápida.

Outros sintomas são a falta de ar no animal, um aumento notável no seu ritmo cardíaco, tonturas, etc.

Efeitos da insolação

Se falamos das consequências que este problema pode acarretar, temos que falar de edemas cerebrais, hemorragias no corpo do cão ou insuficiências hepáticas e renais nos casos mais graves.

Se estes não forem tratados a tempo podem chegar a criar uma falha no organismo de todo o cão e produzir a morte do animal.

No caso de o teu cão apresentar algum dos sintomas que foram anteriormente mencionados, leva-o imediatamente ao veterinário, já que precisa de atenção especializada rapidamente.

Cuidados para evitar o golpe de calor

Como sempre é melhor prevenir do que remediar e este problema é simples de evitar, a seguir veremos uns cuidados a tomar com as nossas mascotes quando se apresentem ocasiões de bastante calor.

Primeiro é necessário ter no nosso cão sempre bem hidratado, dando-lhe muita água fresca livre de impurezas. Também se recomenda não deixar nunca o cão em sítios de tamanho reduzido e que não contem com boa ventilação, já que isto pode propiciar a insolação.

No caso de saíres para passear com o cão ou de o deixares no pátio de casa, este deve contar com uma ampla zona onde se possa resguardar do sol e estar fresco. 

Além disto deve evitar-se levá-lo para se exercitar ou expô-lo ao sol nas horas em que o sol está mais quente.

Seguindo estes cuidados, os cães e o calor não nos darão nenhum tipo de susto.

Categorias: Saúde,
Compartilha-o:
Artigos relacionados
Terça, 16 de Setembro de 2014 | 12:25
Sexta, 5 de Setembro de 2014 | 16:26
Segunda, 25 de Agosto de 2014 | 15:46
Terça, 12 de Agosto de 2014 | 16:55
Sexta, 11 de Abril de 2014 | 19:06
Quarta, 15 de Maio de 2013 | 17:17
Comentários
Enviar
Registar | Iniciar sessão
Tudo sobre o mundo dos cães.
Segue-nos no
CãesMania: Contato | Aviso legal
Email ou nome Palavra-passe Fechar ×
Ligar
Esqueci-me da minha palavra-passe
Regista-te no CaesMania.com Fechar ×
Nome/Utilizador:
Email:
Palavra-passe:
Sexo:
Data de nascimento:
  • O teu nome será o teu nome de utilizador e não será possível alterá-lo uma vez que tenhas escolhido um.
  • Ao registares-te nesta página, estás a aceitar os seus termos e condições de uso. Podes lê-los aqui.
Registar
Se o desejares, lembra-te que também podes iniciar sessão com a tua conta do Facebook.